Multiplicam-se os profissionais de fotografia e video, mas com eles vêm também as reclamações e desilusões, com um resultado de trabalho, que na verdade acaba por passar de fotógrafo profissional a amador.

O post de hoje tem como objectivo levar-te a perceber, o que deves fazer, para assegurar um bom fotografo de casamento, e ainda, que partilhe da mesma visão artística que tu.

1. Investiga: Percebo que muitos noivos ao inicio tem uma grande tendência em olhar apenas para o valor e esquecem-se de olhar para o trabalho do fornecedor. Pois é! Lembram-se de ver o portefólio.

2.Boa vibe: Sim! Nem sempre a visão do cliente é a mesma visão do profissional. Cada um tem o seu estilo e a sua própria vibe. Procurar encontrar um tempo para partilhar ideias é óptima ideia.

3.Gostas? Fecha! Se estás certa que é o profissional que queres, então avança com o sinal e fecha o contrato. Evita surpresas, de não haver a tua data disponível.

4. É responsável? Depois da marcação de algumas reuniões, consegues perceber se existem ou não atrasos, se murmura muito ou não, enfim, consegues perceber também através de conversa com outros clientes se é alguém que fará de tudo para estar presente.

5.Contrato sempre: Sim é necessário, teres sempre prova do trabalho requisitado. E caso o mesmo não corra como o esperado, ter algo que te possa salvaguardar.

A alguns dias atrás, uma amiga partilhou comigo a experiência com o fotografo no seu casamento, ela já está na área dos audiovisuais e grande parte dos seus amigos também estão envolvidos, por isso contava com um serviço bem feito. Mas não foi bem assim, o fotografo chegou no final da cerimónia de casamento, mas felizmente os seus amigos estavam presentes e preparados para uma boa cobertura da sua entrada.
O pior foi quando o fotografo se justificou pelo atraso, diarreia…Enfim, sem aviso prévio, apenas recebeu metade do pagamento é óbvio.

E vocês o que mais dão valor, em um serviço de fotografia?