Algo muito importante é apostares em uma área que gostes de facto e não simplesmente porque ouviste ser um negócio rentável.

Quando inicias algo, a tua maior motivação não pode ser ganhar muito dinheiro, mas sim aproveitar as pequenas oportunidades e dar o teu melhor em todas elas, para fidelizares o teu público.

A tua ideia é boa?

Quando temos uma ideia parece algo brilhante, depois começamos a partilhar com os mais próximos e o brilho começa a desaparecer. Algo comum mas que pode ser evitado.

Procura pessoas que tenham iniciado um projeto. Seja ele bem sucedido ou não, aprender com os erros dos outros pode evitar muitas desgraças.

Mas mais do que ouvir opiniões, deves estudar o mercado envolvente, perceber se a tua ideia é sobre algo que já exista ou algo muito parecido. Se for o caso, não é o fim, mas o início para renovar a ideia e criar algo inovador.

Tenho muitas ideias e não sei em qual me devo focar. Como escolher?

Sim, também existem esses casos. Pessoas muito criativas e com tantas ideias que acabam por bloquear sem saber por onde começar.

O importante é definir uma área que seja do teu agrado, que te imagines a trabalhar por muito tempo. Deves dedicar tempo de estudo e ir afunilando os teus interesses.

Por exemplo no meu caso, pretendia trabalhar na área de eventos, porém é uma área muito abrangente e eu sou apenas uma. Por isso, com o passar do tempo de estudo, percebi que iria ganhar mais se defini-se se uma área dentro dos eventos, no caso os casamentos.

O bloqueio

Muitas ideias e pouca definição acabam por te atrasar um pouco mais todos os dias. Partilho convosco como pude ajudar uma amiga que se encontrava assim e a sua opinião:

“Oi Lili 🙋🏾‍♀
Engraçado parece que lembrei da mensagem de “aflição” que te mandei no Instagram a dizer que precisava falar contigo 🤣🤣
Eu precisava de uma orientação mesmo, porque embora tenha várias ideias na minha cabeça sobre o que queria fazer, eu não sabia por onde começar e só me lembrava de ti pelo fato de saber a forma como começas-te o teu trabalho.
Nesse mesmo dia falámos e várias, mas várias coisas, eu aprendi e foi como se tudo ficasse claro.
Mas o que mais me chamou a atenção foi:
📝 A tua disciplina, o fato de me fazeres ver que eu tenho que me ORGANIZAR e ter COMPROMISSO COMIGO MESMA

📝 Fazer tempo para aprender o que preciso, seja através de vídeos, livros, etc pois todo o dia posso aprender um pouco.

📝 Ter um trabalho de qualidade (qual é o meu público alvo, o que quero levar para essas pessoas, etc)
Pequenos detalhes que eu sei que sozinha não chegaria lá.

Só tenho a agradecer porque fez-me querer correr sem dar desculpas e muito menos olhar para a minha condição.
Obrigada por partilhar cada ensinamento e experiência!”

 

Já passas-te por algo semelhante?

 

Partilhar